Estudo comparativo da resistência de união metal/resina entre duas técnicas de colagem de tubos ortodônticos

  • Eduardo Efraín Vivanco Carpio
  • Luiz Eduardo Alessio Junior
Palavras-chave: Ortodontia, Resinas, Materiais dentários

Resumo

Inúmeros estudos demonstram que os adesivos têm excelente união ao esmalte, portanto o objetivo deste estudo é avaliar a união na interface entre o metal do tubo ortodôntico e a resina. Neste estudo da resistência ao cisalhamento será utilizado resina Transbond XT 3M™ em 40 tubos ortodônticos para molares inferiores simples slot 0.022”, que serão divididos em dois grupos: 20 tubos ortodônticos para o Grupo Controle (GC) e 20 tubos ortodônticos para o Grupo Experimental (GP). No GC será adicionado uma camada de resina de cimentação ortodôntica de 1mm, seguido de fotopolimerização com 0 mm de distância por 10 segundos para evitar a contração máxima da resina, mais 20 segundos de fotopolimerização contínuo, usando uma lâmpada de 700 MW, e uma segunda camada de 2 mm retangular à forma da base do tubo ortodôntico para a aplicação do teste de cisalhamento. Para o Grupo Experimental (GP), a malha metálica da base do tubo foi condicionada com a aplicação de micro abrasão com jato de óxido de alumínio de 50 mícron, por 8 segundos a uma distância de 2 a 3 mm através da superfície da malha do tubo, a uma pressão de ar de 90 Pa, controlado por um barômetro de ar comprimido. Logo após foi realizada a remoção das impurezas do óxido de alumínio usando uma seringa de ar e água da unidade odontológica. Na superfície limpa foi aplicado o sistema Primer Adesivo Transbond XT™ com fotopolimerização por 10 segundos com luz LED contínua a 0mm, em seguida foi colocada a resina Transbond XT™ em 3 camadas de 1 mm, com 10 segundos de fotopolimerização a 0 mm. Todos os corpos de prova foram marcados e levados para a máquina de testes universal onde a força será aplicada à superfície da resina presa à malha do tubo ortodôntico, a uma distância de 0.8 mm da malha. São valores numéricos, portanto, o Teste t de Student para amostras independentes foi selecionado. Com base nos resultados obtidos, afirma-se que o Grupo Controle GC e o Grupo Experimental com o condicionamento de jato de óxido de alumínio às bases dos tubos ortodônticos, não apresentam diferença estatisticamente significante.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
02-08-2021
Como Citar
Carpio, E. E. V., & Alessio Junior, L. E. (2021). Estudo comparativo da resistência de união metal/resina entre duas técnicas de colagem de tubos ortodônticos. Journal of Multidisciplinary Dentistry, 10(2), 34-40. https://doi.org/10.46875/jmd.v10i2.225
Seção
Pesquisas Básica e Aplicada