Estudo comparativo do módulo de elasticidade apresentado pela fibra de carbono em relação ao PEEK (polieteretercetona) como materiais para a fabricação de subestruturas implantossuportadas

  • David Alejandro Regalado Berrú
  • Katya Sofía Alvarado Rosero
Palavras-chave: Fibra de carbono, Módulo de elasticidade, Polímeros

Resumo

Avaliar por meio de testes de flexão o módulo de elasticidade da fibra de carbono e PEEK a 2 mm e 1.5 mm de espessura. 20 corpos de teste obtidos a partir de 1 disco de fibra de carbono (CarbonCad 3D, DEI Itália) e 1 disco PEEK (TecnoMed Mineral 95H12, Zirkonzahn) de 2 mm e 1.5 mm de espessura, foram subdivididos em 4 grupos (n: 5) e avaliados por meio de um teste de flexão de três pontos para determinar o módulo de elasticidade de cada material, os valores obtidos foram expressos em Gpa e analisados por meio de um T student, ANOVA e Tukey. A estatística descritiva determinou que o grupo 2 apresenta uma média de 19.11 Gpa, e o grupo 3 uma média de 5.31 Gpa quanto ao módulo de elasticidade. As análises realizadas consideram as variáveis comprimento, largura, espessura e tipo de material determinado, uma diferença significativa entre a média do módulo de elasticidade da fibra de carbono em 1.5mm mostra uma diferença significativa com os demais grupos (p = 0.02). A fibra de carbono possui um módulo de elasticidade superior ao PEEK, onde na espessura de 1.5 mm apresentou os melhores resultados.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
02-08-2021
Como Citar
Regalado Berrú, D. A., & Alvarado Rosero, K. S. (2021). Estudo comparativo do módulo de elasticidade apresentado pela fibra de carbono em relação ao PEEK (polieteretercetona) como materiais para a fabricação de subestruturas implantossuportadas. Journal of Multidisciplinary Dentistry, 10(2), 41-7. https://doi.org/10.46875/jmd.v10i2.226
Seção
Pesquisas Básica e Aplicada