Estudo comparativo entre duas técnicas de ataque ácido na cerâmica, para cimentação de bráquetes: estudo in vitro

  • Patricio Quintana
Palavras-chave: Ácido fluorídrico, Porcelana dentária, Cimentos de resina

Resumo

O objetivo desta pesquisa in vitro é descobrir qual o melhor método de condicionamento ácido em superfícies de porcelana feldspática, que permitem melhor adesão aos bráquetes utilizando ácido fluorídrico (HF) em concentrações de 5% e 10% em diferentes tempos. O experimento foi realizado em 30 amostras divididas em dois grupos, as amostras após o condicionamento ácido, foram lavadas e secas. Na superfície das amostras foi aplicado o jato com óxido de alumínio para obter melhor rugosidade, logo após em todas as coroas foi utilizado o silano como agente de união, em seguida, os bráquetes metálicos foram cimentados com resina fotopolimerizável. As amostras foram submetidas a prova de resistência de Newton em uma máquina de teste universal. Os resultados revelaram maior resistência com ataque ácido em concentração de 10%, mas sem diferença estatisticamente relevante entre as amostras.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
27-07-2021
Como Citar
Quintana, P. (2021). Estudo comparativo entre duas técnicas de ataque ácido na cerâmica, para cimentação de bráquetes: estudo in vitro. Journal of Multidisciplinary Dentistry, 10(2), 3-18. https://doi.org/10.46875/jmd.v10i2.222
Seção
Pesquisas Básica e Aplicada