Ozonioterapia: uma visão crítica e atual sobre sua utilização em periodontia e implantodontia - revisão de literatura

Ozone therapy: an actual and critical view about its application in periodontology and implantology – literature review

Resumo

O ozônio é um composto alotrópico do oxigênio, e possui propriedades únicas que proporcionam uma vasta aplicação aos sistemas biológicos e tratamentos clínicos. Apesar de sua descoberta datar-se no ano de 1840, o seu emprego clínico é atual, encontrando na Odontologia uma aplicabilidade em diversas especialidades. O presente artigo tem por objetivo revisar as aplicações clínicas do ozônio na área de Periodontia e Implantodontia. Através de mecanismos de oxidação, o ozônio proporciona uma alta capacidade purificadora, responsável por ações microbicidas (bactérias, fungos e vírus), fazendo do mesmo uma alternativa para o combate de enfermidades. Proporciona também a proliferação tecidual e neovascularização, sendo, portanto, um indutor cicatrizante, característica que o torna atrativo do ponto de vista clínico, pois permite tanto a eliminação de bactérias como o reparo das estruturas anatômicas. O ozônio pode ser empregado no tratamento de periodontites e peri-implantites, reduzindo o curso clínico dessas patologias, alcançando resultados superiores em comparação a algumas terapias convencionais. Apesar de a literatura demonstrar resultados positivos com o uso do ozônio, há necessidade de estudos mais aprofundados com metodologias padronizadas para que se chegue a uma conclusão definitiva sobre sua aplicabilidade e protocolos de utilização.

Palavras-chave

Ozônio. Periodontite. Produtos com ação antimicrobiana.

Abstract

Ozone is an allotropic compound of oxygen and has unique properties which allow a wide application in biological systems and clinical treatments. Although it was discovered in 1840, it has a recent use in dentistry. The present paper aims at revising the clinical application of ozone in periodontology and implantology. Ozone promotes oxidative reactions which are lethal to bacteria, virus and fungus. Thus its therapeutic use is valuable. Other effects of ozone therapy are tissue proliferation and neovascularization, which are the key events of wound healing. These effects are attractive for clinicians because it can be used in treatment of periimplantitis and periodontitis. Some studies showed better results of bacterial reduction, enhancement of clinical parameters and wound healing when compared to other conventional therapies. Although literature shows positive results for ozone therapy, there are few studies and there is a need of controlled trials and establishment of protocols to reach a definitive conclusion of its applicability.

Keywords

Ozone. Periodontitis. Products with antimicrobial action.