E.max como fator estético na reabilitação em dentes com coroas clínicas curtas: relato de caso clínico

E.max as aesthetic factor in rehabilitation in teeth with short clinical crowns: clinical case report

Resumo

Com o passar do tempo, vários materiais restauradores estéticos vem surgindo como novas alternativas para o tratamento de dentes anteriores e posteriores. A restauração da forma e função dentária envolvendo características estéticas tem sido cada vez mais exigida na prática clínica diária pelos pacientes, e com isto, para o sucesso clínico e longevidade das próteses fixas convencionais, é imprescindível o conhecimento teórico e clínico das propriedades dos materiais livres de metal, bem como suas limitações e indicações, desde sua confecção a cimentação. Os sistemas cerâmicos, atualmente, dentro da odontologia, representam uma alternativa aos metais em relação ao tratamento protético, principalmente quando a exigência é a estética, e na maioria dos casos o sucesso quando se utiliza os mesmos em regiões anteriores, o resultado é satisfatório. Neste artigo será abordado o e.max, como fator estético e funcional na reabilitação em dentes com coroas clínicas curtas por meio de coroas totais indiretas confeccionadas com cerâmica a base de dissilicato de lítio, devolvendo estética, resistência ao desgaste e funcionabilidade, reabilitando a oclusão em dimensão vertical de oclusão e em relação de oclusão cêntrica do sistema estomatognático.

Palavras-chave

Estética dentária. Reabilitação bucal. Coroas.

Abstract

Over time, various esthetic restorative materials is emerging as new alternatives for the treatment of anterior and posterior teeth. The restoration of form and function involving dental aesthetic features has been increasingly required in daily clinical practice by patients, and with this, to the clinical success and longevity of the conventional fixed prosthesis, it is imperative that the theoretical and clinical knowledge of the properties of the metal-free materials, as well as their limitations and indications, since its preparation cementation. Ceramic systems currently within dentistry, represent an alternative to metals in relation to prosthetic treatment, especially when the requirement is the aesthetics, and in most cases the success when using the same in previous regions, the result is satisfactory. In this article will be approached the e.max, as a factor in aesthetic and functional rehabilitation in teeth with short clinical crowns through indirect crowns made with ceramic dissilicate base of lithium, returning aesthetics, wear resistance and functionality, rehabilitating the occlusion in the vertical dimension of occlusion and in relation to occlusion of the stomatognathic system.

Keywords

Esthetics, dental. Mouth rehabilitation. Crowns.